Jogue fora as ferramentas do senhor: libertando-nos do paradigma da patologia

Texto de Nick Walker orginalmente publicado em 16 de agosto de 2013 no site Neurocosmopolitanism.

O seguinte texto é uma versão revisada de um ensaio escrito para a antologia Loud hands: Autistic People Speaking (Mãos barulhentas: autistas falando), publicada em 2012.

Traduzido para o português  por Alexia Klein do blog: autismoemtraducao.com

… Uma mudança de paradigma, como você deve recordar, requer que todos os dados sejam reinterpretados pelas lentes do novo paradigma. Quando se rejeita as premissas fundamentais do paradigma da patologia e aceita-se as premissas fundamentais do paradigma da neurodiversidade, o que acontece é que no fim das contas, você não tem um transtorno. E talvez você funcione exatamente como você deve funcionar; você apenas vive em uma sociedade que ainda não é suficientemente esclarecida para acomodar e integrar, de forma eficaz, pessoas que funcionam como você. E talvez, os problemas em sua vida nunca foram resultado de qualquer coisa errada inerente a você. E seu verdadeiro potencial é desconhecido e é você quem pode explorá-lo. E talvez você seja, na verdade, algo de belo.

Leia o artigo completo aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s